O E-Social reune todas as informações fiscais, trabalhistas e previdenciárias para transmissão aos diversos órgãos do governo através de uma única fonte. Obrigatório desde janeiro de 2014.

VANTAGENS:

Reduzir a redundância no envio de informações
Substituição gradual de obrigações como:
CAGED •  RAIS • SEFIP • GFIP

EMPRESAS QUE SE DESTINAM:

Empresas de todos os segmentos.
O Projeto irá abranger:
1º Escrituração da Folha
2º Eventos Sociais como:
Contratação de Funcionários
Alteração de Cargos
Afastamentos
Saídas de Férias
Atestado de Saúde Ocupacional
Rescisões de Contratos
Ações Trabalhistas
Dissídios
Contratações de Prestadores.

Apesar do E-Social não tratar de novas legislações, as empresas terão que se reorganizar para cumprir tempestivamente as obrigações, pois a fiscalização agora será on-line, averiguando e multando automaticamente as infrações cometidas.